Conteúdo do blog

Conteúdo do blog

sábado, 14 de fevereiro de 2009

14.02.09 - What a Wonderful World - Louis Armstrong

Hoje, traduzirei um grande sucesso musical americano: What a Wonderful World. Ele é cantado por Louis Daniel Armstrong (Nova Orleans, 4 de agosto de 1901 — Nova Iorque, 6 de julho de 1971) – grande cantor, solista (tocava trompete) e considerado “a personificação do jazz”. Dono de uma voz inconfundível e uma personalidade marcante, ele nos brinda com esta bela canção cuja mensagem é de exacerbado otimismo. Esta música foi regravada, recentemente, com uma roupagem bem atual e faz parte da trilha sonora da novela das oito, da Rede Globo.

I see trees of green, red roses too
(Eu vejo o verde das árvores e também rosas vermelhas)
I see them bloom for me and you
(Eu as vejo florescer para mim e você)
And I think to myself
(E eu penso comigo)
What a wonderful world!
(Que mundo maravilhoso)

I see skies of blue and clouds of white
(Eu vejo o azul dos céus e o branco das nuvens)
The bright blessed day, the dark sacred night
(O brilho do dia abençoado, a sagrada noite escura)
And I think to myself
(E eu penso comigo)
What a wonderful world!
(Que mundo maravilhoso)

The colors of the rainbow, so pretty in the sky
(As cores do arco-íris, tão bonitas no céu)
Are also on the faces of people going by
(E estão também nos rostos das pessoas que passam)
I see friends shaking hands, saying,"How do you do?"
(Vejo amigos apertando as mãos, dizendo: "Como vai você?")
They're really saying, "I love you".
(Eles, na verdade, estão dizendo: "Eu te amo !")
I hear babies cry, I watch them grow
(Eu ouço bebês chorando, eu os vejo crescer)
They'll learn much more than I'll never know
(Eles aprenderão muito mais que eu jamais saberei)
And I think to myself
(E eu penso comigo)
What a wonderful world!
(Que mundo maravilhoso)

Yes I think to myself
(Sim, eu penso comigo)
What a wonderful world

(Que mundo maravilhoso)

2 comentários:

Baladas Mp3 disse...

Selene,hermosa canciòn en el video,una letra que todos deseamos, un maravilloso mundo en paz.Gracias por agregarme aquì tambièn con mi link.
Èste blog tambièn es muy bello como todo tu trabajo, amiga.
Un beso y un abrazo fraterno.
Beto

Anônimo disse...

Canções como esta de Louis Armstrong, me faz lembrar de outras canções, tipo: Imagine (John Lennon) e de pessoas como Marthin L. King, Gandhi, Madre Tereza de Calcutá. O mundo seria tão bom se fosse respeitado o silêncio do outro! As vontades dos outros! Ou que a diversidade cultural existisse apenas para nos lembrar que somos todos irmãos! Bem, segundo dizem, isso tudo é utopia. Mas, não custa sonhar. Eles sonharam. E muito dos sonhos estão sendo realizados. Beijos!