Conteúdo do blog

Conteúdo do blog

domingo, 1 de fevereiro de 2009

O PODER DO AMOR


Imagem: WEB


O PODER DO AMOR
©Josselene Marques

O amor chega silencioso, manso e tímido, mas não pede permissão. Sem pressa, vai ocupando todos os espaços de quem o abriga. Completamente instalado, revela-se forte, ousado, arrebatador e soberano em relação aos demais sentimentos. Quando atinge a plenitude, ele renova, nos seus abrigadores, a vontade de viver. Sob o seu domínio, eles sonham com o impossível, superam obstáculos, antes considerados intransponíveis, transformam-se no melhor que podem ser, ultrapassam todos os limites e adquirem uma nova visão do mundo. Sob este novo prisma, as pessoas, a natureza, enfim, o universo, tudo parece ter sua beleza e suas cores, generosamente, realçadas.

Apesar de ser o mesmo, o amor cresce um pouco a cada dia. Isto explica a necessidade que os enamorados têm de declarar, incansavelmente, o seu amor. Na verdade, é uma maneira, que eles inconscientemente encontraram, de reiterá-lo e, ao mesmo tempo, "atualizá-lo" em sua dimensão.

O amor é tão poderoso que nem a distância consegue abalá-lo. Muito pelo contrário. Quando se veem obrigados, por vários e diferentes motivos, a se afastarem, por tempo determinado ou não, os enlevados de coração constatam o crescimento acelerado deste sentimento, seguramente, potencializado pelo desejo de estarem juntos e não poderem. O fato de não ser submetido à rotina, e a tudo o que a ela se atrela, faz com que o amor livre-se de situações que o agridem em sua essência. Este é também mais um fator positivo e determinante no seu crescimento.

E o que acontece quando o amor é maltratado ou sufocado? Bem, nestes casos, muitos pensam que ele poderá não resistir e morrer diante de agressões e pressões. Pura ilusão! O amor não morre. Ele é eterno. Contudo, ele mudará de endereço. Não tenha dúvida, pois ele não é masoquista. Afinal, quem gosta de maus-tratos?

O amor jamais pede licença para entrar ou para sair. Portanto, cabe às pessoas que amam respeitá-lo e vivê-lo com toda intensidade. Agindo assim, evitarão que ele se mude para ressurgir – e não renascer, já que não morre – em outros corações mais acolhedores.



Obs.: Imagem do Google.

Copyright © 2009 – Josselene Marques
© Todos os Direitos Reservados

5 comentários:

Anonymous disse...

Selene,

o texto é uma pequena obra-prima. Flui de uma forma que deixa o leitor a vontade para interagir e tirar, das entrelinhas, suas próprias conclusões. Falar do amor - tema tão discutido e apreciado - não é para todos. Imaginar-se amando, portanto apto para o amor, credencia a pessoa a ser porta-voz desse sentimento tão nobre. E você foi muito feliz em suas observações. Concordo com tudo que você falou. Assino em baixo. Eu também estou amando.
Beijos!

Baladas Mp3 disse...

Jossi:
Excelente opiniòn.Comparto todo lo dicho.El amor..es algo que aùn los seres humanos no hemos comprendido porque es mucho mas complejo de lo que nosotros conocemos..El amor es una fuerza sobrenatural creada para que pasemos por la vida sin hacer daño ...el amor es una bendiciòn para la humanidad.
Abrazo grande y gracias por estas palabras.

Marcos Miorinni disse...

"O amor é uma flor delicada, mas é preciso ter coragem de ir colhê-la à beira de um precipício."

Sthendal

abraço das letras
Marcos

Anonymous disse...

Tia quanto romantismo adorei, parabéns por colocar tão bem esse sentimento maravilhoso que é amar e ser amada,adorei...Gérria

Anonymous disse...

é ... lindíssimo vc ná sempre arrebentandoo...
jullyet