Conteúdo do blog

Conteúdo do blog

sábado, 17 de janeiro de 2009

PAZ INTERIOR ↔ PAZ MUNDIAL


Para os animais, só a sobrevivência justifica a luta.
Imagem: WEB

“As armas não garantem a paz.
O poder enlouquecido
também mata os poderosos.

A paz depois da guerra
é o silêncio dos mortos
e o espanto mudo dos vivos.”

Valter da Rosa Borges (1934 -) - pernambucano, Procurador de Justiça, livre-pensador, professor, parapsicólogo, filósofo, poeta, escritor, conferencista e autor de livros e artigos.

**********************************************************************************

PAZToda a humanidade precisa, urgentemente, promover a paz. Desta forma, ela evitará que:
* pessoas indefesas sejam obrigadas a se refugiar em sua própria terra
* mães desesperadas tenham seus filhos arrebatados para e pela a guerra
* o mundo seja “conquistado” com bombas e armas
* a miséria e a fome se alastrem
* crianças inocentes sofram violência e sejam separadas de seus pais.

Como podemos promover a paz?

Primeiramente, é bom que nos conscientizemos de que a paz deve começar pelo nosso interior e pelo nosso lar. Em alguns casos, faz-se necessário “renascermos” para alcançarmos a paz. No entanto, gestos e atitudes simples, no convívio diário, também podem suscitar a paz. Por exemplo:
* um sorriso tem o poder de quebrar barreiras, desarmar o seu alvo e aproximar os seres humanos
* e a tolerância, a paciência, a compreensão, a compaixão, o perdão e amor, se cultivados, têm força incalculável na construção da paz.

Portanto, imitemos os animais que jamais pugnam ou oprimem, apenas contendem pela sobrevivência.
Lute pelo ideal da paz! Seja um pacifista!

Copyright © 2009 Josselene Marques

Um comentário:

Anonymous disse...

Concordo. E esses versos são retratos disso. Realmente, armas não garantem a paz. Acho que a consciência sim.
Beijos!