Conteúdo do blog

Conteúdo do blog

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

DE OLHO NA VIDA ALHEIA

Imagem: WEB

É difícil encontrarmos alguém que jamais tenha sido vítima de uma intriga. Geralmente, a fofoca é feita por pessoas que, não tendo coisas mais interessantes para fazer, vivem a vida de outras.

Se não tomarem cuidado, um simples mexerico poderá evoluir, numa gradação, para a mentira, a calúnia, a difamação e a injúria - as três últimas são crimes - o que poderá comprometer a sua liberdade. O (a) fofoqueiro(a) é, indiscutivelmente, uma pessoa infeliz, com baixa autoestima e sem grandes pretensões para o futuro. Então, como não tem condições ou disposição para crescer, desperdiça seus dias bisbilhotando e, muitas vezes, infernizando a vida alheia.

Lendo a edição nº 2096, da revista Veja, p.43, encontrei uma frase que me fez refletir e escrever o que você acabou de ler. Seu autor, homem rico, famoso e "marcado" por um tipo câncer raro, manda um recado especial para essas pobres pessoas. Veja:


"O tempo de vocês está marcado, não o desperdicem vivendo a vida alheia."


Steve Jobs - gênio fundador e animador da Apple - empresa que fundou aos vinte anos de idade.


Copyright © 2009 – Josselene Marques
© Todos os Direitos Reservados

2 comentários:

Anonymous disse...

E como tem gente de baixa (sem) estima! Eu acho que essa pontuação feita por você (calúnia, difamação, injúria), pode ser substituída por satisfação, desejo e prazer - de ver o outro (vizinho, conhecido, parente) sendo exposto. Quem vive a vida dos outros, esquece de viver a sua. E como bem disse o fundador da Aplle, a vida é curta e não vale a pena viver primeiro a vida dos outros. Pode ser que não dê tempo de viver a sua. Gostei desse artigo.
Beijos!

Selene disse...

Concordo plenamente com você.
Seu comentário complementou o meu artigo.
Obrigada e volte sempre!