Conteúdo do blog

Conteúdo do blog

quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

SIMPATIA


Imagem do Google
Copyright © 2008 Josselene Marques



Como nesta virada de ano a palavra do momento é simpatia, resolvi escrever um pouco sobre ela. No entanto, não tratarei aqui das simpatias para arranjar namorado, conseguir cabelo chinês, dinheiro e tantas outras coisas que se costuma, de forma especial, desejar e pedir nesta época. Eu seria repetitiva, pois é um assunto muito falado e divulgado pelos mais diferentes meios de comunicação.

Escolhi simpatia na acepção de uma relação que se dá entre as pessoas atraídas entre si, geralmente, por descobrirem mutuamente alguma afinidade, isto é, pelo fato de suas idéias e preferências coincidirem. Simpatia é uma verdadeira comunhão de sentimentos e impressões.

A palavra simpatia é de origem grega e rica em significados. É formada pelo prefixo “sym” (juntamente, ao lado de, em favor de, ao mesmo tempo) e “pátheia” (aquilo que se experimenta em relação às paixões da alma).

Alguma vez você já procurou saber por que sente simpatia por umas pessoas e por outras não?

Na verdade, isto acontece porque existem, realmente, pessoas mais simpáticas que outras que nos atraem e conquistam pelo seu carisma, pela sua personalidade ou pela sua postura diante da vida.

Mas então, como explicar o fato de uma mesma pessoa parecer simpática para nós e antipática para outros?

Podemos dizer que este sentimento é espontâneo e cordial, mas não é racional. Afinal, não escolhemos com quem ou com o que vamos simpatizar. É instintual, irreprimível, apesar de se fazer necessário um elemento desencadeador positivo para que o sentimento se “instale” e se potencialize.
Quando somos tocados, negativamente, ocorre o sentimento inverso que é a antipatia, pois a coisa ou pessoa nos lembra algo ou alguém que nos traz más recordações que nos entristecem ou aborrecem.

Isto me fez recordar um episódio cujos envolvidos foram um mestre e um de seus discípulos. Durante as aulas, o jovem costumava hostilizá-lo e este, maduro e experiente, tentava, sem sucesso e de todas as formas possíveis, conquistar a sua atenção e amizade. Certo dia, o rapaz sofreu um acidente, no ambiente escolar, e foi - para seu desagrado - socorrido, justamente, pelo objeto de sua antipatia que, ao levá-lo para casa, acabou descobrindo o motivo da aversão espontânea e instintiva do jovem: sua semelhança com o pai do mesmo. O pai abandonara esposa e filhos - o que gerou a revolta do rapaz. Neste caso, a aparência do mestre funcionou como elemento desencadeador negativo e gerador de antipatia.

Desta forma, justificamos a simpatia e a antipatia que, involuntariamente, sentimos pelos nossos semelhantes.


A seguir, com a "colaboração" de Casimiro de Abreu, veremos mais uma definição de simpatia. Só que, agora, sob o prisma de um poeta. Leiamos:


O QUE É - SIMPATIA
(A uma menina)

Simpatia - é o sentimento
Que nasce num só momento,
Sincero, no coração;
São dois olhares acesos
Bem juntos, unidos, presos
Numa mágica atração.

Simpatia - são dois galhos
Banhados de bons orvalhos
Nas mangueiras do jardim;
Bem longe às vezes nascidos,
Mas que se juntam crescidos
E que se abraçam por fim.

São duas almas bem gêmeas
Que riem no mesmo riso,
Que choram nos mesmos ais;
São vozes de dois amantes,
Duas liras semelhantes,
Ou dois poemas iguais.

Simpatia - meu anjinho,
É o canto do passarinho,
É o doce aroma da flor;
São nuvens dum céu d'agosto,
É o que m'inspira teu rosto...
- Simpatia - é - quase amor!


Com simpatia, aproveito para desejar um feliz 2009 aos meus amigos leitores. Espero, no próximo ano, contar com sua visita a este espaço bem como com seus comentários generosos, que só me enriquecem. Um abraço fraterno a todos!

3 comentários:

Anonymous disse...

É. Simpatia faz bem. E falada assim, em sua origem, melhor ainda. E como disse o poeta: simpatia é quase amor. Eu acredito que começa com a simpatia e termina no amor.
Feliz Ano Novo.
Beijos!

Anonymous disse...

É...
como sempre mais uma publicação brilhante dessa pessoa maravilhosa...
Txe dolu ♥
abraços...
jullyeth kherolainy

Josselene Marques disse...

Amigos:

Vocês são uns amores. Quanta gentileza!
Obrigada e voltem sempre,

Abração.