Conteúdo do blog

Conteúdo do blog

sábado, 1 de agosto de 2009

MATURIDADE

Ser maduro é reconhecer o valor das coisas simples
Josselene Marques
Foto: arquivo pessoal

Neste domingo, estarei com uma nova idade, isto é, cronologicamente, um pouco mais velha - e talvez madura.


A lembrança deste fato me fez refletir e chegar à conclusão de que, nem sempre, estar totalmente desenvolvido, passar dos trinta ou dos quarenta significa ter atingido a maturidade.

O fato de crescermos e nos tornarmos adultos não nos dá a garantia de alcançar a maturidade. Na verdade, são as nossas ações e reações que revelam se atingimos ou não a fase de madurez. Salvo as exceções, o tempo e as experiências – boas ou más – contribuem para chegarmos a esse período de esclarecimento e equilíbrio, no qual resolvemos divergências com diálogo e serenidade. Nele também descobrimos que, se não podemos mudar algo ou alguém, simplesmente devemos optar por sua aceitação.

Em situações de conflito, jamais poderemos nos considerar maduros se nos deixarmos levar pelo impulso ou pela emoção. Somente atingimos a maturidade quando permitimos que ocorram, durante o processo de desenvolvimento, transformações em nossa personalidade e em nosso comportamento.

A pessoa madura, diferente de uma criança, entende, por exemplo, que o amor não é posse. Quando achamos que somos donos de alguém, automaticamente, atestamos a nossa imaturidade. Em alguns casos, a maturidade – momento da existência em que se atinge a autoconsciência – independe da idade cronológica, pois tanto há jovens maduros, altruístas e centrados, quanto adultos imaturos, egocêntricos e inseguros.

EM SÍNTESE, O QUE É SER MADURO?

* Ser maduro é saber entrar e sair de situações sem a necessidade de delegar a outrem a responsabilidade de resolver problemas particulares.
* Ser maduro é ter um conselho certo para orientar alguém que dele necessite.
* Ser maduro é reconhecer o valor das coisas simples.
* Ser maduro é viver de acordo com realidade.
* Ser maduro é saber conviver com as diferenças.
* Ser maduro é relevar insignificâncias que podem destruir um relacionamento, um lar ou até vidas.
* Ser maduro é ter a capacidade de reconhecer os próprios erros.
* Ser maduro é saber a hora de recuar estrategicamente.
* Ser maduro é reflexionar sempre – como estou fazendo agora – a fim de evoluir e se tornar um ser humano cada vez melhor.

Assim, como bem definiu o padre jesuíta e psicoterapeuta Anthony de Mello, a maturidade é o que alcanço quando não tenho necessidade de julgar ou culpar nada e nem ninguém pelo que acontece comigo.

Copyright © 2009 – Josselene Marques


8 comentários:

Eu Mulher disse...

PARABÉNS...PARABÉNS....

Muita saúde, felicidade, paz e muito amor na sua vida!!!!

Que o Senhor Jesus abençoe você sempre!!!


Grande beijo e ótimo domingo

Anônimo disse...

Parabéns! Deus a ilumine sempre! A paz do Senhor, as mãos santa de Nossa Senhora a guie por caminhos onde não haja - nunca - a inveja, o ódio, a mesquinhez, o pensamento sórdido - e que você seja, sempre, esa pessoa humilde, boa, uma excelente educadora e uma ótima amiga. Selene, a sinceridade faz morada em sua vida. Conserve-a.
Um beijo fraterno
Raimundo Antonio

Anônimo disse...

Parabéns!!!!! Que Deus proteja seus dias nesta nova idade. Abraços.

Anônimo disse...

Você será sempre jovem enquanto o amor florir em sua vida, enquanto irradiar beleza, paz, esperança, coragem, otimismo e alegria para todos os que vivem ao seu redor.

Feliz Aniversário amiga!

Mágda disse...

Selene, mais uma vez, Parabéns! Não só pela data de hoje (teu aniversário)mas por ser quem é... Quero externar, mais uma vez, o orgulho de ser tua irmã! Jamais esqueça o quanto te amo e seja feliz, sempre!

Cantodomeucordel disse...

Lembre-se, minha amiga, que os melhores vinhos são os envelhecidos em barris de carvalho e tem o melhor sabor, o melhor aroma e o delicioso gosto amadeirado. Parabéns por mais um ano de profícua existência.

Poético abraço de Gilbamar.

Bibi disse...

Tão lindo que vc escreveu! E eu nem estava aqui para te mandar um beijo virtual! Te mando agora: smack! Feliz ano novo particular!

Josselene Marques disse...

Ana:
Quanta gentileza, amiga!
Obrigada pela visita.

Olá, Raí!
Muito obrigada pelos elogios e pelo carinho. Que a Virgem ouça seus votos. Orações nunca são demais, não é mesmo?
Volte sempre, mestre!

Anônimo:

Pena que você esqueceu de se identificar, mas, seja quem for, meu muito obrigada. Seja bem-vindo(a)!

Jaciara:

Não se identificou, mas reconheci se estilo.
Obrigada, amiga!
Volte sempre que puder.

Mágda:

Eu também a valorizo muito, minha irmã. Obrigada por me amar e estar sempre presente em minha vida!
Volte sempre!

Gilbamar:

Obrigada pela lembrança e pelo carinho.
Realmente, sinto-me cada vez melhor, à medida em que amadureço.
Tenho que ir me preparando para a velhice, não é mesmo? rsrs

Abraços para você e Ana Kaddja.

Bibi:

Nunca é tarde. Comemoramos o meu aniversário o mês inteiro. Amigos e alunos sempre me homenageiam com várias festas... Nesta "brincadeira", já engordei quase dois quilos...
Abraço e volte sempre.